sábado, 28 de abril de 2018

[Dossiê Ciberpajé] Artigo do pós-doutor em artes e artista multimídia Fábio FON enfoca a iconoclastia das obras de artemídia do Ciberpajé


“A Iconoclastia Tecnológica de Edgar Franco na Artemídia” é o artigo do artista multimídia, pesquisador e professor Pós-doutor Fábio Oliveira Nunes, que atualmente é pesquisador do grupo de pesquisa cAt: ciência/ARTE/tecnologia do Instituto de Artes da UNESP. O seu artigo tece reflexões sobre três obras de Franco: La Vero (2016), Immobile art (2009) e Freakpedia(2007, com Fabio FON); explorando o domínio essencialmente conceitual dessas criações e sua capacidade de gerar uma tomada reflexiva do público, instigando a pensarmos para além de modelos tecnológicos hegemônicos.

O "DOSSIÊ CIBERPAJÉ: arte, vida e transmídia", foi publicado na revista acadêmica Cadernos Zygmunt Bauman (UFMA), esse Vol.7 N.15. Ele reuniu dez pesquisadores de oito universidades brasileiras e uma estrangeira com artigos inéditos tratando de múltiplos aspectos das criações artísticas do Ciberpajé (Edgar Franco) e de sua atuação como artista-pesquisador. O dossiê, de mais de 200 páginas, é um testemunho do caráter interdisciplinar da obra do Ciberpajé, compreendendo artigos redigidos por pesquisadores doutores e doutorandos das áreas de história, comunicação, educação, design digital, educação & saúde, música, artes e filosofia. A concepção e ideia de publicação do dossiê partiu do convite do Professor Dr. Wellington Lima Amorim (UFMA), um dos editores da Cadernos Zygmunt Bauman. Leia o dossiê na íntegra clicando na imagem abaixo.

Capa do Dossiê. Ciberpajé fotografado por Daniel Rizoto (2017). Ensaio "Posthuman Light", por Ciberpajé, Daniel Rizoto & Anésio Neto