sexta-feira, 7 de julho de 2017

Pesquisadores PhDs de Cambridge e Bristol dedicam capítulo de livro às obras do Ciberpajé Edgar Franco.


Capa do livro "Posthumanism and the Graphic Novel in Latin America" (UCL Press, 2017)

Acaba de ser lançado na Inglaterra o livro "Posthumanism and the Graphic Novel in Latin America". A obra é de autoria de pesquisadores PhDs das Universidades de Bristol & Cambridge, dois dos maiores centros de pesquisa do planeta, e analisa o fenômeno pós-humano em quadrinhos criados no Brasil, Argentina, Chile, Uruguai e México. Os autores Edward King e Joanna Page dedicaram um dos capítulos do livro às obras do Ciberpajé Edgar Franco, focando na análise de produções artísticas transmídia do universo ficcional da "Aurora Pós-humana", dando especial destaque para o álbum em quadrinhos BioCyberDrama Saga - parceria de Franco com o renomado quadrinhista Mozart Couto, com duas edições lançadas pela Editora UFG -, e também para as criações em música eletrônica e as performances cíbridas do Posthuman Tantra, mas trataram brevemente de outras obras como as HQtrônicas e a revista Artlectos e Pós-humanos (Editora Marca de Fantasia). 

O capítulo que analisa as obras de Edgar Franco, o sétimo, foi intitulado "Intermediality and Graphic Novel as a Performance". Os pesquisadores avaliam com propriedade e densidade a concepção de pós-humanismo na poética e ideário do Ciberpajé, detalhando aspectos das paisagens visuais e sonoras de suas obras, e destacam a FC ciberxamânica proposta por Franco como algo originalmente latino-americano, fazendo um paralelo com o movimento da FC africana conhecido como Afrofuturismo. Os autores do livro pediram permissão a Franco e Couto para utilizarem na capa da obra uma das artes do álbum em quadrinhos BioCyberDrama Saga. 

Algumas páginas do sétimo capítulo da obra

O livro é uma publicação da UCL Press - University College London Press, e sua versão em e-book pode ser baixada gratuitamente clicando na imagem abaixo ou nesse link, onde é possível também adquirir a versão impressa da obra.



O Ciberpajé destaca que muitas de suas obras artísticas foram desenvolvidas no contexto de suas investigações poéticas no Grupo de Pesquisa Criação & Ciberarte (Cria_Ciber), que ele coordena na Faculdade de Artes Visuais da UFG (Universidade Federal de Goiás), e contaram com o envolvimento de alunos da graduação e da pós-graduação em Arte e Cultura Visual, onde Edgar Franco tem orientado mestrados e doutorados. Ele expressa sua gratidão a todos que envolveram-se diretamente ou indiretamente com seu universo ficcional da "Aurora Pós-humana".