domingo, 26 de junho de 2016

Confira a opinião de vários artistas sobre o EP "Ciberpajé - Heresia Cósmica":

Capa do EP Heresia Cósmica - Arte Ciberpajé

"Intenso e único o espirito de toda a obra, que demais a
desmusicalidade descriando a heresia da mente raticida repleta de
dogmas deste midicidio que acontece hoje. QUEIME TODAS AS SUAS
BANDEIRAS. LIBERE SEUS DOGMAS E FRONTEIRAS!" (Rodrigo Nini -  Pensador
e articulista criador da Bienal Internacional de Cultura Psicodélica)
***
"Viagem! Verdades incômodas para a maioria das pessoas. Muito bom!"
(Celso Moraes F - artista)
***
"Baixei o álbum no ônibus a caminho de Ituiutaba, logo após minha aula
na Ufu; estava num estado alterado de consciência e pude começar a
escutá-lo ainda no perímetro urbano. Foi uma experiência intensa e
interessante. Depois ouvirei em casa novamente, mas gostei muito".
(Daniel Rizoto - artista e professor universitário)
***
"A faixa que mais gostei é a terceira - Aforismo II. Tenho ouvido muito
manguebeat e curti a sonoridade do berimbau elétrico nessa faixa, que
deixou bem clara a proposta de fusão entre os ritmos regionais
brasileiros e o post-rock. Esse é um tipo de fusão que tem um futuro
bem promissor entre os seus trabalhos musicais, então manda mais
trabalhos desse tipo pra gente :) Valeu Ciberpajé!!!"(Rubens César
Baquião - artista e doutor em linguística e língua portuguesa)
***
"A mistura de sons e ritmos criou um clima caótico perfeito para os
aforismos escritos e declamados pelo Ciberpajé Edgar Franco. Com
letras ácidas e provocadoras, o novo EP é um verdadeiro petardo na
cara dos detratores que não compreendem sua obra e dos adoradores
lobotomizados de "ídolos" fabricados em série. "Faço a arte mais
politizada de todas, a que propõe a revolução do indivíduo" ..."
(Eduardo Spicacci - musicista e designer gráfico)
***
"Muito bom, ouvi agora, acho que pela primeira vez ouvi um aforismo. Há
uma atmosfera bem diferente de quando os leio, como se viesse ao mesmo
tempo de "fora" e de dentro, ambos de algum lugar que não sei onde
achar. Há peso mas um peso diferente, um peso gutural não agressivo.
Obrigado pelo trabalho". (Gustavo Oliveira - historiador)
***
"Que sonzera fantástica!! Estou ouvindo por vezes seguidas o trabalho
do Ciberpajé e do Leo da Heresia, UM NOISE PIRADO COM DECLAMAÇÕES
INSPIRADAS DE VERSOS REVOLUCIONÁRIO TECNOXAMÂNICO, SOBRE A REVOLUÇÃO NO INDIVÍDUO. UM ALERTA, MAIS QUE MÚSICA, BERIMBAU ELÉTRICO E RITMOS OUSADOS, INTRINCADOS E PARA OUVIDOS APURADOS, UMA OBRA PSICODÉLICA, QUE ESCANCARA VERDADES E INEBRIA PELA SONORIDADE. Para ouvir de olhos fechados." (George Chiavegato - artista e professor)
***
"O Ciberpajé Edgar Franco com uma nova parceira lançou um EP incrível
com 5 faixas cheias de seus aforismos e o som pesado de sempre que vai
te fazer se encontrar com seus mais profundos abismos! Se você tem
coragem, coloque um fone de ouvido e se prepare para encontrar a luz
do seu próprio caos!"(Mateus Sperandio - designer gráfico)
***
"Escutei agora as faixas postadas, é muito louco!!! O casamento do som
com a narrativa é perfeito!!! Tem tudo a ver com a vida, sobretudo
neste hospício, digo país, onde a louco é normal, e o normal é louco,
enfim, totalmente caótico, ou melhor, apocalíptico, parabéns pelo
trabalho!" (Fabio Brentegani - expert em música experimental)
***
"Que EP fantástico, um verdadeiro bálsamo pós-humano". 
(Gabriel Novossad - artista).
***
"Ouvindo aqui... ADORANDOOO! Trabalho super autentico, parabéns pela
obra!" 
(Liz Franco - musicista)
***
Ouça você também o EP Heresia Cósmica, uma criação do Ciberpajé e Léo da Heresia, detalhes no LINK