segunda-feira, 21 de novembro de 2016

[Resenha] Leia a resenha sobre DOUOSVAVVM o novo sigilo sonoro-visual do Posthuman Tantra

Montagem da arte do sigilo DOUOSVAVVM com foto da IV Sacerdotisa em São Carlos (SP)
Arte do Ciberpajé

"Ouvi o single com fones de ouvido e ampliei a tela do computador. Mergulhei de peito aberto na proposta do sigilo. Fixei o olhar na arte e foquei no círculo com o ponto no meio, me remeteu à simbologia do círculo, que é o início de tudo. Mas, o que no começo parecia algo agradável, ao mesmo tempo me fazia sentir apreensiva, pois sei que as criações do Ciberpajé sempre me impactam. 
Alguns ruídos e urros me fizeram sentir duas sensações: a de que eu caia, um frio na barriga como uma freada brusca, ou como se eu quisesse retornar (mas não podia), e depois senti um certo enjoo, salivação. Também me pareceu que existia um número 8 na arte, e que ela era formada por mãos e lobos (mas depois vi felinos). 
A arte da tela começou a se sobressair, as linhas brancas pareciam ter ganhado uma dimensão 3D, projetando-se em minha direção, avançando e piscando. Como uma máscara que queria tomar minha face. Senti pontadas na cabeça, parecendo que meu cérebro estava em "manutenção" ou uma espécie de reformatação. 
Senti um receio, será que algo em mim estava morrendo, mudando ou indo embora? As mudanças sejam pequenas ou drásticas são sempre evitadas e podem ser doloridas. Mas assim como o círculo representa o começo, é preciso que exista o fim. É por isso que há beleza na morte, pois sua chegada é o prenúncio de algo novo. Alguns ruídos me fizeram ter a sensação de estar me banhando em água de cachoeira. 
Foi assim que me senti ouvindo DOUOSVAVVM, além de todas essas sensações, as letras que compõem o nome do sigilo pareceram ter muito a ver comigo e o momento que estou vivendo agora. Espero que as vibrações sentidas nesta arte sejam sinais sincrônicos de novos e prósperos ventos vindouros em minha vida. 
Agradeço ao Ciberpajé que, por ser quem ele é, artista genuíno, está sempre criando e nos brindando com criações peculiares como esta! Recomendo que todos/as embarquem nessa viagem que é DOUOSVAVVM"


IV Sacerdotisa Danielle Barros, mestre em ciências e doutoranda na Fundação Oswaldo Cruz/RJ.


SERVIÇO:
Posthuman Tantra is Ciberpajé (a.k.a. Edgar Franco): All synths, voices and lyrics.  
DOUOSVAVVM was recorded at Oca studio, Goiânia, Brasil, 2016.