segunda-feira, 17 de abril de 2017

KFK Webradio: Álbum "Ciberpajé - Egrégora" com 21 bandas de 5 países musicando os aforismos do Ciberpajé será tocado na íntegra

Matéria no site da KFK webradio falando do CD "Ciberpajé- Egrégora"

Hoje, 17 de abril de 2017, às 19:00, o programa "A Voz do Brasil", da KFK webradio veiculará o CD "Ciberpajé - Egrégora". A obra será pela primeira vez veiculada na íntegra em um programa de rádio. O álbum - organizado pelo Ciberpajé e por Barata Cichetto, veio encartado no sexto número da saudosa revista "Gatos & Alfaces", lançada em agosto de 2015. Ouça a KFK webradio clicando no banner abaixo: 


O CD "Ciberpajé - Egrégora" reuniu 21 bandas de 5 países - Brasil, Inglaterra, Suíça, França,e Colômbia - musicando os aforismos gravados com a voz do Ciberpajé. No CD temos desde o blues, passando pelo rock progressivo, pelo heavy metal e chegando a estilos como o dark ambient, o industrial e o noise. Uma viagem sonora pautada pela iconoclastia dos aforismos de Franco. Saiba mais sobre as 21 bandas presentes no CD:

POSTHUMAN TANTRA (Brasil)
Posthuman Tantra é um obscuro e psicodélico delírio sci-fi industrial/ambient criado em 2004 pelo Ciberpajé (a.k.a. Edgar Franco). É a trilha sonora da “Aurora Pós-Humana” – universo transmídia de ficção científica baseado na fusão entre DNA & Silício, com novas criaturas que mixam humano, animal, vegetal e máquinas. A música e o ideário geral da banda são influenciados por conceitos tecnognósticos, hiperinformação e aceleração tecnológica. Desde seu surgimento a banda lançou álbuns oficiais pelas gravadoras Legatus Records (Suíça), 412 Recordings (Inglaterra), Sabbathid Records (Japão) e Terceiro Mundo Chaos Discos (Brasil), além de ter participado de coletâneas nos cinco continentes e se apresentado ao vivo em quatro regiões do Brasil, em performances que incluem efeitos computacionais de realidade aumentada, mágica eletrônica e interação com vídeos. ciberpaje@gmail.com

BARATA CICHETTO (Brasil)
Luiz Carlos Cichetto, desde o inicio dos anos 1970 é poeta, contista e cronista. Lançou seu primeiro livro de poesia ainda em 1981, mimeografado. Desde então, foram 16, sendo 11 de poesia e outros de contos, crônicas e ensaios. Foi manager e letrista de bandas de Rock, organizou eventos e criou uma rádio web. Com Amyr Cantusio Jr., lançou a Ópera Rock “Vitória, ou a Filha de Adão e Eva”, e o álbum conceitual “Seren Goch 2332”. É criador e editor da revista de Cultura Rock “Gatos & Alfaces”. Seu mais recente lançamento literário é “Troco Poesia Por Dinamite” tem prefácio de Ciro Pessoa. Produz e lança de forma artesanal e independente todos os seus livros e também edita trabalhos de outros autores, tenho chegado a mais de sessenta títulos em cinco anos. Barata Cichetto gravou as vozes do aforismo gravado pelo Posthuman Tantra que abre o CD "Ciberpajé Egrégora". barata.cichetto@gmail.com

ALPHA III PROJECT (Brasil)
Amyr Cantusio Jr., pianista, compositor, multi-instrumentista,psicanalista e teósofo. A música composta foi tocada com base no aforismo de Edgar Franco, onde foi desenvolvida a música feita em sintetizadores e bateria acústica. Estilo Kraut Rock. lunardraco@gmail.com

ANT[ISM] (Brasil)
O projeto ANT[ISM] surgiu de uma forma bem inusitada. Rodrigo Nunes, enviou para Dimitri Brandi um “rascunho” de música com intuito de ter uma opinião e recebeu de volta já várias idéias e o mesmo aconteceu com Rodrigo Fonseca que também já se interessou logo em participar. A química estava pronta, três cabeças compromissadas apenas com arte. rodrigonunesr@icloud.com

BLAKR (Inglaterra)
Blakr cria rituais sonoros gravados na escuridão, combinando caos com a eletrônica.
morlar@hotmail.co.uk

BLUES RIDERS (Brasil)
Banda autoral de Blues e Rock’n’Roll de São Paulo que canta no nosso idioma e completa 21 anos de carreira agora em 2015. Três discos oficiais lançados e muita história pra contar. blues.riders.oficial@gmail.com

DIMITRI BRANDI DE ABREU (Brasil)
Vocalista, guitarrista e advogado da banda de Death Metal progressivo Psychotic Eyes. Lança neste álbum sua primeira composição solo, em parceria com o Cyberpajé. Programou e compôs os violinos, piano, baixo, bateria e efeitos sonoros. A guitarra, apesar de elétrica, foi humanamente tocada com erros e acertos.
dimitribrandi@gmail.com

EACH SECOND (Brasil)
O Each Second é um projeto solo criado em meados de 2002. Desde então, lançou alguns trabalhos demo e participou de numerosas compilações. Já colaborou com o Ciberpajé no EP “Invocação da Serpente”, lançado em 2014 pelo selo Lunare Music. eachsecond@ymail.com

EMME YA (Colômbia)
Emme Ya é a exploração profunda de Edgar Kerval nas áreas de mutações sonoras e paisagens sonoras híbridas emergindo atavismos astrais experimentados tempos atrás… Emme Ya é um planeta negro com dois sóis (256 = 11×23 EQ) no sistema estelar binário de sirius. Nesse planeta residem principalmente os loas, espíritos de tradição atlante e emanações extraterrestres que rodeiam a aura do planeta Terra. Emme Ya é um organismo experimental crescendo e mutando o tempo todo. As principais influências são as culturas místicas antigos, como atlantis, deuses sumérios, panteão voodo, atavismos, e diversas formas abstratas que refletem em nossa mente, mais do que a realidade percebida, escondidas na antiga sabedoria estelar. Tão vastas formas são canais de percepções que eu concentro através do Emme Ya. As transmissões aparecem em minha mente de uma forma mutante, mostrando-me o caminho a seguir … um caminho escuro além das estrelas ! kerval111@gmail.com

GABRIEL FOX (Brasil)
Professor de Arte e Música de São Paulo – SP, integrou bandas como Thelema, Project Dragons e Red Rocker, tocando com músicos brasileiros, argentinos e poloneses. Nascido em 1990, iniciou em 2015 seu projeto solo, sendo responsável pela composição e gravação de todos os instrumentos e contando com amigos cantores para as melodias. contact@foxximage.com

GOD PUSSY (Brasil)
God Pussy é um projeto carioca que utiliza da saturação sonora e recursos para se conduzir uma explosão de ruídos ásperos e eletrônicos de potências trazendo uma catastrófica dinâmica dissonante e abstrata com o foco em manifestações civis e uma imensa intolerância aos descasos dos governantes e sua corrupção explicita. noizeman@yahoo.com.br

GORIUM (Brasil)
Tudo começou na cidade de Cuiabá, Brasil, em março de 2008, experimentos musicais levaram-me a criar o projeto. Minhas influências para compor vão do dark ambient, noise, funeral doom, música industrial e uma grande parcela de sentimentos, onde a minha música se torna parte de mim e me torno parte da música. Participei de coletâneas nacionais: Necronomusick, Ambientescuro, Davidlynch – Eraserhead tributo, Death in June Tribute, Memória das Trevas, Cadauveribus Cantationen, entre outros. Sempre estou ampliando meus horizontes musicais. Simples, puro, distorcido, perfeito. Gorium é André Gorium.
obskurium-noctum@bol.com.br

HIDDEN IN PLAIN SIGHT (Brasil)
Hidden in Plain Sight é um projeto do pesquisador e artista multimídia Antar Mikosz (Ipsissimus) que busca materializar inspirações sombrias da música extrema aliadas à música alternativa e visionária, com arranjos entre guitarras, teclados, samplers e sequencers. antarm@gmail.com.

IAMÍ (Brasil)
Iamí significa “noite” na antiga língua Tupi, e é também um nome feminino. A one-man-band procura mesclar as raízes do black metal escandinavo com a diversidade brasileira, de forma crua e atmosférica, buscando também elementos no gênero dungeon synth para as faixas instrumentais. As temáticas são variadas, baseadas em conhecimentos pagãos e experiências xamânicas pessoais. Poesias musicais transcendentais, a fim de expressar a obscuridade de nosso ser, que muitas vezes é negada. romulo0o@hotmail.com

KAMBOJA (Brasil)
Banda de hard rock formada em São Paulo por Frank Gasparotto (baixo), Fabio Makarrão (vocal), Edu Moita (guitar) e Paulão Thomaz (batera). Possui um EP (2013) auto intitulado e um CD, Viúva Negra (2015). As influências vão do hard rock 70 até o heavy tradicional, letras cantadas em português que abordam temas comuns a qualquer um que ouça o som, com 6 video clipes lançados.  f_gasparotto@hotmail.com

MELEK-THA (França)
Melek-Tha foi criado durante o verão de 1994 por Lord Evil interessado em produzir músicas usando instrumentos experimentais e samplers especiais. Depois de alguns meses, um álbum foi lançado e enviado pelo correio parta alguns amigos. Adipocere Records, a gravadora francesa de metal , ouviu esta primeiro opus de opressivo dark ritual e decidiu lançar o CD. “Astrum Argentinum” foio título deste primeiro opus. Nos anos seguintes, o Melek-Tha se manteve muito silencioso e não lançou nada. Na verdade, Lord Evil tinha já dois outros álbuns prontos, mas estava à procura de um novo selo. Na verdade, ter assinado com uma gravadora de metal não foi uma boa opção. Então, em 1998, a Cold Spring Records, casa de artistas como Archon Satani, Sutcliffe Jugend, Merzbow e Psychic TV, decidiu lançar o próximo álbum. Em abril de 1999, a segunda obra: De Magia Natvrali Daemoniaca: Diabolus Ritual Opus II, finalmente viu a luz pela Cold Spring. Em 1999, Solipsism Records (US), lançou “Post Nuclear Race” em CD-R, limitado a 100 exemplares, esta versão revelou um lado muito sombrio de Melek-Tha, bem diferente dos lançamentos mais “mainstream”. Desde então o Melek-tha tem lançado diversos álbuns, tornando-se uma das principais bandas mundiais do dark ritual death ambient. melek666tha@wanadoo.fr

MUQUETA NA OREIA (Brasil)
Banda de Embu das Artes/SP, com dois álbuns lançados (Lobisomem em Lua Cheia/2010 e Blatta/2013), cinco videoclipes, resenhas positivas nas principiais mídias especializadas, e shows com grandes nomes do Rock do Brasil: Raimundos, Korzus, Olho Seco e muitas outras. Participaram dos festivais MPB (Metal Pesado Brasileiro) no SESC Osasco e Sorocaba, Grito Rock – Barretos e Planaltina, DF e suas músicas estão em grandes rádios. muquetanaoreia@muquetanaoreia.com

NIX’S EYES (Brasil)
Nix’s Eyes é uma concepção musical que foi tomando forma ao fim do ano de 2006. Formada apenas por Caos Necrophagos Soturnums, sempre em busca de fazer um Dark Ambient com características próprias. Sua música é feita basicamente com instrumentos virtuais através do computador controlado por um teclado, mas ocasionalmente usa-se também guitarra e voz. O Ocultismo é o tema principal em que as concepções das músicas são construídas, sempre as transmitindo de maneira subjetiva. nixseyes@yahoo.com.br

POOLSAR (Brasil)
 Poolsar definiu a atual formação em 2013 e vem trabalhando nas composições que farão parte do primeiro cd da banda, também trabalhando com versões e covers. A proposta é fazer um som abrangente dentro das vertentes do Rock and Roll, com letras em português e faixas instrumentais. www.facebook.com/Poolsar

TRANSZENDENZ (Suíça)
TransZendenZ foi criado na Suíça em 2003 por Mike, (aka Kale) (compositor, teclados e vocais) e sua irmã Jarn-A (arranjos e vocais). Os dois trabalharam freneticamente e logo tinham material suficiente para sua estréia em um full-length, que foi gravado no BWS Studios, na Suiça, em julho de 2003. “Between Terra & Light” (BTAL) nasceu. O som do TransZendenZ distingue-se da suavidade da cena EBM / electro atual através do uso de sonoridades não convencionais que pertencem tanto às igrejas medievais quanto aos clubes noturnos de hoje. O “Ritual EBM Sound” da banda é criado apenas com teclados, e a banda tomou a decisão consciente de criar suas atmosferas eletrônicas evitando o uso de samplers. Desde então três álbuns foram lançados pela gravadora Legatus Records e a mistura mágica feita de temas místicos unidos à música eletrônica tem despertado a atenção de pessoas em todo o mundo. mike@legatusrecords.net

VENTO MOTIVO (Brasil)
Banda de Rock formada em São Paulo, em 2003. Tem quatro álbuns no currículo: “Luciana Vai Pra Guerra”, “Há Há”, “O Bem, O Mal E A Dúvida” e o recém lançado “O Voo Do Marimbondo”. Formada por Kim Kehl (Guitarras), Marcião Gonçalves (Baixo), Binho (bateria) e Fernando Ceah (voz, guitarra e letras), a banda segue na estrada divulgando o novo álbum. producao@ventomotivo.com.br

ZEMLYA (Brasil)
O projeto Zemlya foi idealizado com o intuito de transpor para a música pensamentos e ideias referentes à natureza e o uso que fazemos dela. Sons que refletem a face quase atemporal da vida selvagem e sua incontestável força motriz. O processo de composição consiste em ideias que são transpostas em GuitarPro e em estúdio tomam a forma final através de sintetizadores e plug-ins. Atualmente o Zemlya é: Diogo Vilela (arranjos rústicos e vocais) e Gustavo Neto (arranjos gerais, guitarras). deeogoo@hotmail.com


Capa do CD "Ciberpajé - Egrégora", com arte do Ciberpajé Edgar Franco

Ciberpajé e Barata com a revista "Gatos & Alfaces #6" e o CD "Ciberpajé - Egrégora" na época do lançamento