segunda-feira, 29 de maio de 2017

Ciberpajé encontra o mestre Mozart Couto em Juiz de Fora

O Ciberpajé e Mozart Couto, alegres pelo encontro.


Minha visita à cidade de Juiz de Fora foi cercada de grande expectativa, pois depois de mais de 15 anos de conversas e criações em parceria com o grande mestre da HQ brasileira, o lendário Mozart Couto, finalmente teria a chance de conhecê-lo pessoalmente.

Na tarde do dia 23 de maio de 2017 fui recebido com carinho pelo mestre em seu apartamento. Em meio à sua vida atribulada de criações de quadrinhos e ilustrações, ele reservou um tempo para receber-me afetuosamente. Pessoalmente ampliou a imagem incrível da pessoa com quem sempre mantive contato, e reforçou a impressão de um ser iluminado, generoso, sensível, cheio de doçura e sabedoria. Para mim foram duas horas mágicas, em que estive conversando com alguém que parecia ser meu amigo por eras e eras, falamos sobre o ato criativo como forma transcendente, sobre softwares livres e sua paixão pelo GIMP, soube belas histórias de sua vida e emocionei-me muitas vezes durante o papo.

Mozart Couto para mim sempre foi um mito dos quadrinhos, um dos artistas que mais admiro na HQ mundial, isso desde minha infância quando lia as revistas da D-Arte e conheci ali a força de sua obra. Criar o álbum "BioCyberDrama Saga" com ele foi a concretização de um sonho, algo inacreditável receber o convite de um dos mestres que mais admirava para criarmos juntos. 

Minha gratidão cósmica ao universo que permitiu-me esse encontro, e ao Mozart e sua afetuosa esposa pela recepção calorosa! Espero nos vermos novamente em breve. Incluo também nesse post a nossa foto com a versão em capa dura de  nosso álbum "BioCyberDrama Saga", lançado em 2016 pela Editora UFG.


Os criadores e a criatura!